Category

Gastronomia

Category

Bem-casado para casamento: o que você precisa saber do doce que conquista todos os convidados!

O bem-casado para casamento é um doce tradicional que está presente em praticamente todas as celebrações. Pela sua representação, sempre conquista os convidados.

O doce pode ser servido livremente aos convidados ou entregue como lembrancinha de casamento e agradecimento pela presença. Também pode ser utilizado como parte da decoração da festa, trazendo diversas possibilidades para os noivos.

Pensando em todas essas questões, preparamos este post para explicar melhor essa tradição e trazer dicas para você fazer a escolha mais adequada da utilização do doce para sua festa. Continue a leitura e saiba mais!

A tradição do bem-casado para casamento

O bem-casado é um doce original de Portugal e foi criado por volta do século XVII. Desde então, passou por várias adaptações. Ele representa a união de duas partes, seladas pela cumplicidade e pelo respeito mútuo, ou seja, a união e o compromisso do casal.

A entrega dos doces tem a finalidade de abençoar todos que o saboreiam com a mesma felicidade e sorte dos noivos. Por ter essa simbologia positiva, ele foi adaptado para outras comemorações, como nascimentos e batizados (bem-nascidos), e aniversários (bem-vividos).

Escolha do doce e cálculo da quantidade

O bem-casado é feito com massa de pão de ló recheado, tradicionalmente, com baba de moça ou doce de leite, e banhado em uma calda de açúcar. Porém, atualmente, é comum utilizar outros recheios, como chocolate, creme de nozes ou creme de baunilha.

Na hora de escolher o doce, os noivos podem optar pelo tradicional ou inovar com outros recheios. Em caso de dúvidas, basta conversar com os fornecedores e solicitar uma prova. Ao experimentar, os noivos poderão decidir com mais facilidade, tendo certeza do resultado.

Outro fator importante na hora de encomendar é a quantidade, e o cálculo depende da forma como ele será utilizado na festa.

Se o bem-casado for a lembrança do casamento, o ideal é calcular 1,5 unidades por pessoa, pelo menos. Caso os noivos queiram servi-lo livremente para os convidados durante a festa, o melhor é encomendar, no mínimo, 3 por convidado.

Porém, havendo restrição no orçamento, é possível entregá-lo apenas como lembrança e somente um por pessoa.

Para tanto, recomenda-se já deixá-los nas mesas para quando os convidados forem recepcionados. Nestas situações, basta verificar com o organizador quantos pratos serão colocados e encomendar essa quantidade de doces, com uma margem de segurança pequena — entre 10 e 20 unidades costumam ser suficientes.

Embalagem e decoração

O planejamento do casamento, apesar de trabalhoso, permite que os noivos decidam todos os detalhes para a realização da sua festa dos sonhos. Ao escolher servir o bem-casado, também é necessário decidir a embalagem e a apresentação dos doces.

Escolha da embalagem

A embalagem do bem-casado para casamento é um ponto importante, pois o doce representa o carinho dos noivos com os convidados. Caso eles sejam utilizados como parte da decoração, é fundamental que sigam a mesma paleta de cores da festa.

As embalagens, materiais e cores podem variar de acordo com o local e o estilo da comemoração, permitindo a utilização de diversos materiais: papel, tecido, renda, fitas, caixinhas personalizadas ou, ainda, embalagens transparentes.

Sempre que utilizados como lembrança, o ideal é que sejam acompanhados de um cartão de agradecimento pela presença dos convidados.

Integração do bem-casado à decoração

Existem diversas formas de integrar os bem-casados à decoração da festa. Uma possibilidade é utilizá-los como centro de mesa: você pode substituir o arranjo comum por uma lâmina de espelho na qual serão dispostos os doces. Nesse caso, as embalagens criarão um efeito especial, além de dar um ar mais sofisticado.

Também é possível colocá-los na mesa de doces ou em outros móveis usados na decoração. Se forem oferecidos como lembrança de casamento, devem ficar expostos em uma mesa exclusiva, com um destaque especial.

Além de ser uma delícia, o bem-casado pode trazer um charme ainda mais especial para a cerimônia, não acha? Fique de olhos nos detalhes e conquiste seus convidados com esse doce que dá água na boca!

Então, gostou deste post? Agora que você já sabe tudo sobre bem-casado para casamento, curta nossas páginas no Facebook — Castelo Aragon e Casa Aragon — e tenha acesso a vários outros conteúdos e dicas exclusivos!

Buffet para Casamento

Jantar Franco Americano? Serviço de Buffet? Finger Foods? Empratado? À Francesa? Qual o estilo de Buffet para Casamento ideal para você?

Muitos termos e muita confusão na hora de decidir qual estilo de serviço contratar para o seu casamento? Então esta matéria foi escrita para você.

Alain Pierre Berjeaut, da Casa Aragon e Castelo Aragon, é especialista no assunto e abaixo explica de forma objetiva a diferença entre cada tipo de serviço.

“Existem poucos estilos de serviço na verdade, mas muitas pessoas utilizam de forma equivocada os termos técnicos e isso confunde os casais na hora de contratar o Buffet do seu casamento.

Basicamente são três estilos de serviço ideais para a ocasião.

São eles, o Jantar ou Almoço Franco Americano, o Jantar Volante com a Ilha de Finger Foods e o Brunch. Uma quarta opção é o Jantar ou Almoço empratado, mas é cada vez menos comum a utilização deste estilo de serviço em casamentos.”

Veja abaixo a explicação sobre cada um dos estilos, seus prós e contras e decida qual se encaixa melhor para o seu casamento.

Buffet para Casamento – O estilo Franco-Americano 

É quando os pontos de Buffet são montados no salão e os convidados vão até estes pontos. A diferença entre o serviço “Americano” e o “Franco – Americano”, é que no primeiro, o convidado se serve do Buffet e no segundo, Copeiras Uniformizadas estão posicionadas atrás destes pontos e servem os convidados, estando prontas a dar informações sobre cada item do Cardápio.

“No Castelo Aragon e na Casa Aragon, não utilizamos o serviço Americano pois deixar com que cada um se sirva é dar margem para a formação de filas e causar pequenos problemas principalmente após os convidados já terem bebido um pouco”- explica Alain Pierre Berjeaut.

“O ideal e mais recomendado entre todos os estilos de serviço é o Franco-Americano. Montamos sempre um ponto de Buffet para cada 100 convidados e nossas copeiras se posicionam atrás dos pontos de Buffet servindo os convidados, porcionando corretamente os itens do cardápio e explicando item a item para quem tem alguma dúvida”.

Buffet para Casamento – O Jantar Volante com Ilha de Finger Foods

Neste estilo de serviço, altamente recomendado para casais jovens e descolados, os canapés e cumbuquinhas circulam pelo salão no inicio da festa e ao invés de termos pontos de Buffet montados como no estilo Franco-Americano, servimos Bowls e Cumbucas com os pratos principais como massas e carnes. A carne pode ser um “Emince de Vitela ao Bordeaux” por exemplo que já é cortado em pequenos cubos e pode ser consumido sem a necessidade de sentar e utilizar garfo e faca. Em um lounge, em uma mesa bistrot no jardim ou até mesmo batendo papo em pé ao lado do bar, as pessoas se alimentam e ficam prontas para dançar, tomar mais uma bebida ou simplesmente curtir a festa e os convidados.

No momento da Sobremesa, que é passada em pequenas Taças e Copinhos, montamos também a Ilha de Finger Foods com várias comidinhas que podem ser apreciadas até o final da festa. Um Gravlax de Salmão, uma Pata de Jamon Serrano fatiado bem fininho na hora por um de nossos copeiros, uma saladinha de Quinua e muitos outros itens bacanas fazem sucesso entre os convidados”- garante Alain Pierre Berjeaut.

Além de a Ilha de Finger Foods ser uma delícia, é ainda mais um item decorativo em sua festa de Casamento.

Buffet para Casamento – O Brunch

Para quem pretende fazer um casamento no jardim, e gosta do dia, um Brunch no Domingo é Incrível.

“É como um carro clássico, explica Alain Pierre Berjeaut. Nunca sai de moda mas não é qualquer um que fica bem por trás do volante”.

Um mix de café da manhã e almoço, utiliza o estilo de Buffet com ítens frios e quentes montados e servidos simultaneamente.

Cafés, Chás, Infusões, Chocolate Quente, Bolos, Doces, Ecclairs e Tortas Variadas são montadas próximas à mesa de Entradas frias e pratos quentes.

Quiches Salgadas, Tortas, Saladas Frias e alguns frutos do mar são as vedetes deste estilo de cardápio.

“No jardim da Casa Aragon, construimos um pequeno palco de madeira para a apresentação de Bandas de Jazz e Quartetos de Corda que dão um toque de classe aos Brunchs de Domingo – diz Alain Pierre – “Um Domingo ensolarado, uma boa música no Jardim, um Brunch bem equilibrado e um Espumante Brut. Combinação perfeita para um Casamento Charmoso e sem ostentação”

Serviços de Buffet para Casamento – À Francesa e Empratado

Para concluir, existe muita especulação e muitas dúvidas sobre os serviços À Francesa e serviço Empratado.

O Autentico Serviço à Francesa é bem diferente do Serviço Empratado e é muito comum que se faça essa confusão na hora de contratar o serviço de Buffet para o seu casamento.

O autêntico Serviço à Francesa é primoroso, mas inviável para grandes celebrações. Tecnicamente, este serviço é montado em travessas e levadas à mesa para cada convidado. A travessa é apresentada pelo lado direito do convidado que sentado à mesa, se serve dos itens de sua preferência. Obviamente este tipo de serviço só é praticado em raras ocasiões e para eventos pequenos.

Já o Serviço Empratado, comumente chamado de “À francesa” de forma equivocada, é servido em pratos que vão a mesa.

Entrada, Massa, Prato Principal e Sobremesa é o mais comum. A Cozinha prepara o Jantar empratado e a equipe de Serviço serve um prato para cada convidado. É comum ter opção vegetariana e isso é tratado antecipadamente.

“Este serviço é mais trabalhoso, requer o dobro de material e mão de obra e por isso custa mais caro que os demais serviços, mas em minha opinião é um desperdício de dinheiro – Explica Alain Pierre. Em casamentos, as pessoas não querem ficar à mesa sentadas e esperando o próximo prato. Os convidados querem circular, conversar e se divertir e é comum um prato servido e esfriando enquanto o dono do lugar saiu para bater papo com o amigo de infância que não via há algum tempo. Este estilo de serviço é excelente para outros tipos de ocasião que não sejam casamentos. Para um evento empresarial, no qual cada participante esteja à mesa escutando um pronunciamento ou assistindo um áudio visual com conteúdo pertinente ao evento, este é o estilo de serviço mais recomendado”.

Escolha o serviço que mais agradará seus convidados e familiares e boa festa !

6 tendências de bolos e doces para casamento

Além dos noivos, outro fator é fundamental na comemoração do matrimônio: a mesa do bolo e doces. Claro que toda a decoração da festa precisa ser pensada minunciosamente para representar o estilo do casal. Mas diante de tantos tipos de bolos e doces para casamento, é preciso analisar com cuidado para acertar em cheio na escolha e fazer bonito.

Afinal, toda noiva sonha em surpreender seus convidados, não necessariamente de uma forma inusitada e excêntrica, mas sim demonstrando seu bom gosto em cada item escolhido para seu grande dia. Confira agora algumas tendências que vieram para ficar!

Os melhores bolos e doces para casamento

Noivo: ok. Espaço para eventos: ok. Vestido: ok!  Estilo de decoração: indefinido. Esse status costuma deixar até as noivas mais calmas de cabelo em pé!

Por mais que você já tenha alguma noção sobre o tipo de festa que irá oferecer aos seus amigos e familiares – diurna glamourosa, noturna ostentação, mini-wedding, entre outras –  saiba que a decoração da mesa precisa estar alinhada ao seu objetivo, ou seja, ao tipo de cerimônia escolhido.

E aí entram as guloseimas que irão enfeitar a mesa e despertar o lado “formiguinha” de seus convidados. Que tal revolucionar com uma mesa cobiçada, de “encher os olhos”?

Para não se perder diante da infinidade de texturas, formatos e sabores, elegemos um check-list infalível com as últimas tendências em bolos e doces para casamento:

1. Ruffled cake

O bolo com babado é popular nos Estado Unidos e é o modelo ideal para as noivas que querem inovar, mas sem abrir mão do volume tradicional. Os babadinhos podem ser coloridos ou em degradé, compondo várias camadas e andares.

2. Naked cake

O bolo pelado continua sendo o queridinho do momento, e combina bastante com uma decoração típica dos casamentos mais rústicos, ao ar livre ou com clima praiano. Para ficar ainda mais bonito, ele pode conter frutas ou flores naturais como enfeite.

3. Florzinhas doces

Por falar em flores, as de açúcar também são ótimas opções para compor não só o naked cake, mas também qualquer outro tipo de bolo. Elas dão um charme especial e garantem a sutileza na medida certa!

4. Renda romântica

Outra opção tão delicada quanto é a moderna rendinha. Isso porque é possível reproduzir sua renda favorita ou a que será utilizada em seu vestido como decoração do bolo de casamento e também nos docinhos, macarons, cupcakes ou bem-casados. Pura criatividade, originalidade e romantismo!

5. Brigadeiros gourmet

Outra estrela que tem presença VIP em qualquer festa de casamento é, certamente, o brigadeiro! Ele não pode faltar, mas em vez de recorrer ao estilo convencional, que tal apostar no brigadeiro gourmet?

Trata-se de uma tendência que surpreende todos os paladares ao mesclar essa delícia com sabores surpreendentes: brigadeiro de chocolate Kit-kat, de limão, panetone ou creme brulé. E aí é só escolher seus preferidos!

6. Doces fitness

A onda fitness também é uma escolha assertiva para o casal que deseja agradar aqueles convidados adeptos da alimentação saudável.

Hoje, é possível encontrar diversos doces diet, sem glúten ou sem lactose, para ninguém botar defeito!

Seguindo a mesma intenção, estão os docinhos orgânicos com pouca quantidade de açúcar e que privilegiam opções naturais das frutas.

É o caso das compotas e bolos de pote funcionais que misturam frutas secas e cereais para deixar tudo mais bonito e recheado de calorias “do bem”!

Você já entendeu que uma mesa perfeita, além de apetitosa, também deve conter um bolo elegante e docinhos de dar água na boca! Aproveite e compartilhe esse post sobre bolos e doces para casamento com seus amigos para que eles tenham uma pista sobre uma das maiores atrações do seu grande evento!

O que não pode faltar no buffet do meu casamento?

Organizar um casamento não é uma tarefa fácil. Todos esperam que o grande dia seja perfeito e, para isso, se preocupam com os mínimos detalhes dos preparativos. Uma das maiores preocupações é com a escolha do buffet de casamento e a definição do cardápio.

Para proporcionar uma festa de sucesso, é fundamental que você tenha um cuidado especial com a escolha e a preparação das comidas e bebidas. Além do gosto dos noivos, é preciso levar em consideração as opções de cardápio, o perfil dos seus convidados, o tema da recepção, o horário e local da sua festa, entre outros fatores.

Por isso, no post de hoje vamos te ajudar a entender melhor o que é preciso para planejar um bom buffet para o seu casamento. Confira:

Harmonização e coerência

Antes de definir o buffet do seu casamento, é importante que local, tema e horário já tenham sido definidos. Isso, porque é muito importante que haja coerência entre o cardápio e o clima geral da sua festa.

Se o seu evento for de dia, por exemplo, é interessante harmonizar pratos e bebidas mais leves, enquanto, no caso de festas à noite, é melhor que você opte por combinações mais encorpadas.

Também é essencial considerar os costumes das famílias dos noivos. Algumas culturas necessitam de preparações especiais ou possuem restrições a certos tipos de alimentos.

Cardápios que agradem a todos

Para os pratos quentes, é bom que você ofereça duas ou três opções que garantam que todos os convidados sejam bem servidos. O ideal é optar por um cardápio à base de carne, um à base de peixe e outro para os vegetarianos.

Durante toda a festa, é importante servir os tipos de canapés mais procurados e requisitados em qualquer tipo de evento.

Equilíbrio entre o requintado e o consagrado

Para uma celebração de bom gosto, o seu buffet de casamento deve encontrar um meio termo entre os alimentos requintados e os aperitivos consagrados. Por exemplo, você pode incrementar com um Croquetinho de Carne com um Molho de Mostarda Dijon. Tenha certeza: será um sucesso!

Bebidas para todos

Não tem jeito: para que a sua festa seja um sucesso, é preciso que tenha bebidas de qualidade para todo mundo. Na hora de calcular a quantidade ideal, leve em conta o perfil dos convidados — se bebem muito ou pouco, por exemplo — e a harmonização com os pratos.

Lembre-se também das alternativas sem álcool, como os sucos e refrigerantes. Outra bebida que não pode faltar na sua festa é muita água fresca.

Uma boa sobremesa

A sobremesa é aquele prato especial, para fechar a noite e fazer com que todos se lembrem da sua festa com carinho. Além do tradicional bolo de casamento, pode ser interessante que você inove com outras opções de sobremesas, como docinhos ou mesmo sorvetes.

Na saída, uma mesa de biscoitos, chocolates e cafés, sem dúvidas, agradará a todos.

Um bom atendimento

Além da qualidade e variedade do cardápio, para um bom buffet de casamento é imprescindível que haja uma boa recepção. Ela é essencial na hora da festa, no treinamento adequado da equipe e no momento dos preparativos, para te ajudar a montar tudo com muito carinho!

Agora que você já sabe um pouco mais sobre como preparar um buffet de casamento, entre em contato conosco e conheça nossos serviços! Estamos te esperando!