Autor

Aragon

Browsing

Como ter funcionários engajados no seu evento corporativo

Os eventos corporativos são muito importantes para as empresas, pois são oportunidades de promover o engajamento dos funcionários, capacitar as equipes e reforçar os valores e a missão da empresa. Para que seja um sucesso, os funcionários devem comparecer em peso. A equipe toda alinhada e unida, com todos os diferentes departamentos. Confira as nossas dicas para manter os funcionários engajados no seu evento corporativo:

Objetivos claros para o seu evento

Para ter funcionários engajados, uma das primeiras coisas a serem definidas é o objetivo do seu evento. O motivo da ação deve ser definido e esclarecido com toda a equipe de organização e a diretoria envolvida.

Conhecer o seu stakeholder

Toda a equipe organizadora deve saber para quem o evento está sendo direcionado e o que os convidados esperam encontrar. Para funcionários engajados antes, durante e depois do evento, você pode criar formulários onde eles respondam perguntas simples sobre questões que podem, posteriormente, virar estratégias e serem aplicadas no seu evento.

Inove

Você deve sempre optar por ações inovadoras, que causem admiração pelo público. Uma opção que parece simples, mas causa grandes efeitos, você pode homenagear os seus funcionários durante a abertura do evento, por exemplo, trabalhando estratégias de endomarketing, a comunicação interna e a comunicação institucional. Pense em promover boas experiências para os participantes.

LEIA MAIS

Evento corporativo: a importância de planejar um para a sua empresa

Como criar o conceito do seu evento

Convide os funcionários individualmente

Funcionários engajados são funcionários que se sentem importantes, que entendem que a sua participação é de extrema relevância. Convidar cada funcionário a participar do evento faz com que a pessoa sinta que sua presença na atividade será valorizada. Evidencie as vantagens da participação, tratando do evento como um benefício.

Brindes e sorteios

Quem não ama receber brindes? Uma ideia para conseguir funcionários engajados no seu evento é a distribuição de brindes e sorteios. Lembrando que todos devem ser úteis e bonitos, e que não sejam simplesmente cacarecos. Devem estar relacionados a temática do evento.

Se possível, você pode preparar brindes personalizados para cada funcionário, com o nome e uma mensagem especial escrita à mão, assim se sentirão importantes.

Feedback

Ao fim, você precisa descobrir o que os funcionários acharam do evento. Com suas opiniões e sugestões, você pode desenvolver outras estratégias e eventos mais atrativos para o seu público-alvo.

Como o evento pode ajudar no engajamento dos funcionários dentro da minha empresa?

Um evento corporativo é uma ótima estratégia para promover conexões, não apenas entre parceiros e colaboradores, mas também entre funcionários. Fortalecendo o relacionamento entre eles, você fortalece a imagem da sua empresa.

Presentes de casamento: como montar a sua lista!

Dentre os muitos momentos importantes para a preparação de um casamento está a lista de presentes de casamento. Essa é uma das primeiras etapas que concretizam o sonho de montar um lar, por isso, tudo deve ser feito com muita pesquisa, calma e análises. Confira as nossas dicas: 

1 – Antecipação

A chave para uma lista de presentes de casamento está na antecipação. Ela deve ser feita de quatro a cinco meses antes da data marcada, estando no checklist da noiva. O tempo disponível irá garantir qualidade nas escolhas. Também é importante que ela esteja pronta antes da distribuição dos convites.

2 – Tarefa compartilhada

A tarefa deve ser feita por ambos. Uma boa dica é tornar um momento calmo e relaxante para ambos – e com antecedência, tudo ficará ao seu favor! É sempre importante ressaltar que o estilo do noivo e da noiva devem ser levados em consideração na hora de montar a lista dos presentes de casamento, respeitando os gostos e preferências.

3 – Checklist

Para saber tudo que você precisa, faça uma checklist com os itens que você acha que precisa e depois inclua os outros que você deseja. Você irá poder fazer e refazer quantas vezes quiser. 

Você pode começar com uma lista com todos os itens necessários, como eletrodomésticos, utensílios e objetos que precisam para a casa nova. Observe os itens presentes na sua casa na hora de montar a lista de presentes de casamento, e esteja sempre reformulando. Você pode optar por listas pré-prontas na internet.

 

LEIA MAIS

Paleta de cores para o casamento: tudo o que você precisa saber

Lista de convidados: como montar a sua para o seu casamento

 

4 – Muitas opções

Sempre busque lojas grandes e que estejam a mais tempo no mercado. Isso irá te garantir mais opções, além de maior segurança para a compra. Além disso, os presentes de casamento devem variar em itens.

5 – Loja

Para escolher a loja ideal, você deve optar por uma de confiança, que ofereça maior praticidade, produtos de qualidade e variedade. Algumas lojas oferecem serviços especializados, que auxiliam no monitoramento das listas de presentes de casamento, evitando a repetição, por exemplo.

Como criar o conceito do seu evento

Para ter um evento bem produzido e planejado, é preciso estabelecer diversas medidas e ações estratégicas. Seja qual for o evento, ele deve levar em consideração o objetivo que deseja alcançar, por isso, o conceito do seu evento deve estar ligado à temática do evento, para que a sua equipe possa colocar em prática seu plano de ação.

Com um conceito bem pensado, você atrai seu público-alvo e garante a colaboração de seus patrocinadores. Ele serve para direcionar o seu projeto, para que alcance os objetivos com eficiência. 

PESQUISAS

Nem todas as ideias surgem do nada. Uma das formas é investindo em uma pesquisa aprofundada, voltadas para o que o seu público está direcionado. Você deve buscar conhecer melhor seus gostos, necessidades e preferências.

Além disso, para a o conceito do seu evento seja único, você deve ter atenção aos serviços oferecidos pelos seus concorrentes e pensar nos diferenciais que você pode oferecer. A partir disso, você deve definir o seu tema. 

REFERÊNCIAS

Após definir seu tema, você pode buscar inspirações para iniciar o planejamento e a preparação do seu evento. Procure diferentes referências para entrar em contato com ideias que podem te ajudar.

A internet facilita essa tarefa, com as diferentes plataformas para se inspirar, como pinterest e instagram. A partir dessa busca, você pode desenvolver o conceito do seu evento, mesmo que apenas uma base.

LEIA MAIS:
Evento corporativo: a importância de planejar um para a sua empresa
5 passos importantes para a organização do evento corporativo 

EQUIPE

Ter uma equipe é essencial para que você possa distribuir as tarefas. O peso deve ser dividido entre uma equipe com profissionais qualificados, que estejam dispostos e motivados a cumprir com todas as etapas.  

A carga de tarefas deve ser bem organizada para que os passos sejam realizados da melhor maneira. Os membros das equipes devem ser selecionados pensando na melhor forma de contribuir para a criação do conceito do seu evento, a realização dos processos e como os conhecimentos das partes da equipe podem se unir em favor da produção.  

MARKETING E DIVULGAÇÃO

Essa etapa depende do entendimento de técnicas, métricas, design e pesquisa para adaptar a mensagem do seu evento e a linguagem ao seu público-alvo. Caso você não se sinta apto, procure profissionais qualificados para conduzir essa tarefa.

Além disso, novas ideias podem surgir durante o processo de divulgação, e para motivar essa participação do público, é necessário uma divulgação adequada. 

FEEDBACK

O feedback tem extrema importância, tanto na criação do conceito do seu evento, quanto no fim dele. É sempre necessário considerar o feedback do público e dos que participaram da produção do evento. Isso pode ajudar na preparação de próximas edições.

Com a opinião de todos em mãos, você pode avaliar se suas estratégias foram eficientes e observar os pontos fracos da organização.

Paleta de cores para o casamento: tudo o que você precisa saber

A escolha da paleta de cores do seu casamento deve ser pensada com antecedência, junto ao planejamento. Essa decisão é importante por acaba norteando a escolha de muitos detalhes referentes a decoração e até as cores dos vestidos das madrinhas.

Essa decisão não se trata de uma tarefa tão simples quanto parece, pois deve agradar ambos os noivos e estar em harmonia com o restante da cerimônia, cumprindo com uma série de requisitos para planejar uma cerimônia mais coerente.

Confira agora as nossas dicas para a escolha da paleta de cores do seu casamento:

Escolha com antecedência

Escolher a paleta de cores em datas muito próximas a sua cerimônia pode causar alguns problemas, como a indecisão e a confusão – a falta de harmonia entre aquilo que já foi planejado e adquirido com os tons escolhidos.

É preciso ter um tempo hábil para cuidar de todos os detalhes da decoração e da identidade visual. Assim, você pode trabalhar detalhes como o convite de casamento, o vestido das madrinhas e até o convite de forma que as cores dialoguem entre si, para evitar a poluição visual e a descaracterização do evento.

Para que essa escolha seja perfeita, é importante ouvir todas as partes envolvidas, com uma conversa prévia sobre as cores que devem ser vetadas.

Significados

Beleza é um detalhe importante, mas pode não ser o único para se apegar. Você pode observar os sentidos, o simbolismo, os sentimentos e as sensações que você deseja transmitir na cerimônia na escolha da sua paleta. Trabalhar a psicologia das cores pode ser importante, já que as cores possuem uma linguagem própria, comunicando ideias e mensagens.

LEIA MAIS

Lista de convidados: como montar a sua para o seu casamento

5 destinos românticos para a lua de mel

 

Profissionais envolvidos

Ouvir a opinião de quem entende do assunto pode ajudar a ampliar os horizontes dos noivos. Você pode aproveitar a oportunidade e conversar com o responsável pela decoração e o representante cerimonial. Com certeza eles já estão acostumados com a situação e conhecem as mais diversas tendências.

Pela experiência, eles provavelmente sabem um pouco mais do tema. Eles podem te instruir dentro das novidades e apresentar opções tanto clássicas e quanto atemporais. Mas, lembrando, a decisão final sempre é do casal.

Estação

Uma cerimônia harmoniosa é o que toda noiva deseja. E para ajudar você pode levar em consideração a estação do ano em que irão se casar. Assim, você pode escolher a paleta de cores perfeita.

Na primavera e no verão, predomina o uso de cores fortes e alegres, e se você deseja manter tons mais suaves, você pode optar pelos tons pastéis. No outono e no inverno, os tons mais fechados são as melhores escolhas. Além disso, o dourado traz uma suntuosidade e luxo para qualquer decoração e estação, assim como o branco.

Estilo e horário

Além da estação, na escolha da paleta de cores você pode para o seu casamento você pode levar em conta o estilo da sua cerimônia e o horário que será realizada. Assim você consegue manter todos os aspectos coerentes!

5 passos importantes para a organização do evento corporativo

O processo para organizar um bom evento corporativo pode ser um desafio que envolve diversas variáveis. Por isso, o planejamento é essencial para qualquer organizador, que pode minimizar os possíveis problemas, otimizar os processos e garantir os melhores resultados.

Uma cultura organizacional deve prezar pela interação e conexão entre a sua equipe, parceiros e clientes. Promover um evento corporativo reforça a sua cultura organizacional, ajuda na promoção da marca, estreita relacionamentos, melhora o nível de motivação e engajamento dos profissionais.  

1) Equipe eficiente

O primeiro passo que o produtor deve realizar é montar uma equipe completa com profissionais competentes, com o objetivo de delegar as tarefas e realizar as pesquisas complementares.

 O papel do produtor é atuar no gerenciamento das frentes de trabalho, acompanhando os processos e mantendo uma visão geral dos acontecimentos. Isso pode cooperar que tudo aconteça no tempo certo. 

2) Definir uma estratégia

Dentro de um evento corporativo, o planejamento detalhado deve ser traçado pelo produtor, com todas as etapas da organização do evento, delegando responsabilidades, elegendo prioridades e acompanhando os processos.

Os objetivos, assim como a persona do evento, devem estar claros para que o planejamento se adeque ao público-alvo, o que gostam de fazer, o ambiente que se sentem confortáveis e felizes. Isso pode definir o sucesso do evento.

Para facilitar o desenvolvimento das estratégias e a distribuição de tarefas, você pode montar um cronograma acompanhado de um checklist com todas as etapas do planejamento. O desenvolvimento de um cronograma completo pode garantir que tudo aconteça dentro dos prazos e sem atrasos, para que o seu evento corporativo seja entregue em perfeitas condições. Ele deve abordar não só o dia, mas tudo que antecede e sucede o evento.

LEIA MAIS

Confraternização corporativa de final de ano: Já é hora de planejar!

Evento corporativo: a importância de planejar um para a sua empresa 

3) Levantamento e orçamento

Antes de fechar pacotes e orçar, faça um levantamento do número de convidados e trace estimativas. Isso ajuda a poupar tempo e dinheiro. A verba disponível define a escolha do espaço, da decoração e do buffet. Por isso, faça uma planilha para organizar todos os gastos.

Para ajudar no orçamento, você pode buscar patrocínios que, além de aliviar os gastos, são uma ótima oportunidade para iniciar parcerias duradouras e fortalecer sua rede de networking. 

4) Data e local

Para definir o local e a data do seu evento corporativo, alguns fatores devem ser levados em consideração. É necessário evitar épocas de muito estresse para os funcionários, como o final de mês. Além disso, deve ser realizado em dia útil, fora do horário de trabalho.

Para o local, deve-se levar em conta o espaço, a infraestrutura e a localização.  

5) Comunique

Considere formas eficientes de comunicar seus funcionários, de forma pessoal, como um mailing atualizado de toda a empresa. Esse canal pode ter mais alcance e eficiência sem gerar custos adicionais.

É importante lembrar que depois que o seu evento corporativo passar, é hora de saber se a sua tarefa foi bem executada, captando as impressões de que estava envolvido, sejam convidados ou quem participou do planejamento. Para os convidados, você pode mandar por e-mail, não esquecendo de agradecer a presença e convidar para dar um feedback.

Lista de convidados: como montar a sua para o seu casamento

Se você está planejando o seu casamento, com certeza já entende que um dos maiores dilemas é a lista de convidados. Independente do tamanho e da quantidade de convidados do seu casamento, é de extrema importância saber tomar a decisão de quem comparecerá nesse evento tão especial, quais são as pessoas que devem estar presentes. Além disso, dentro de um casamento, planejamento é um item essencial, até mesmo na lista de convidados.

1. Listas e mais listas

Para iniciar a sua lista de convidados, uma boa dica é fazer uma lista completa de todos os amigos, conhecidos, familiares e parentes que você gostaria de convidar. Você pode montá-la fazendo uma relação de todas as pessoas por grupos (amigos, família, conhecidos…).

2. Eliminação

Agora começa a parte difícil. Caso a sua lista esteja muito maior do que haviam planejado, você deve começar a pensar em quem deve ser eliminado da lista de convidados.

  • Pessoas distantes: aqueles que você não tem contato há algum tempo e nem mesmo sentem a necessidade de fazê-lo.
  • Amigos de amigos: aquele amigo do seu pai ou da sua mãe, que te seguraram quando você era bebê (mesmo que, hoje, você não reconheça), e que seus pais adorariam a presença. Ex: não convide exs e pessoas relacionadas a eles, a não ser que você realmente seja amigo.
  • Amigos virtuais: atualmente, é comum criarmos laços com pessoas das redes sociais, mas isso não significa que você precise convidá-los para o seu casamento.
  • Vizinhos: a não ser que você realmente tenha um vínculo de amizade, não convide.

3. Responda as perguntas

Se mesmo assim você ainda tem dúvidas, você pode buscar responder a essas perguntas:

  • Com qual frequência eu vejo essa pessoa?
  • Frequentamos a casa uma da outra?
  • Nos falamos por telefone ou trocamos mensagens regularmente?
  • Nos vemos em datas importantes?

LEIA MAIS

Tendências de buquês para casamentos

Entrada da noiva: como escolher a música certa

4. Não convidem por obrigação

Elimine qualquer um que você acredite ter a “obrigação” de convidar. Mesmo que você esteja planejando uma grande festa e cerimônia, eliminar essa carga já pode promover uma comemoração mais feliz e liberar espaço na lista de convidados para pessoas que realmente tornarão o evento melhor e mais alegre.

5. Seja franco

Estabeleça, logo de início, um diálogo franco com os pais sobre a lista de convidados, principalmente se você tiver ajuda deles na realização. É importante lembrar que os pais pagam porque querem, não por obrigação, então isso não dá o direito de imporem, mas de participarem. Aborde a discussão sempre com cautela e carinho.

6. Não faça lista com a quantidade exata

Nunca faça a sua lista de convidados com a quantidade exata de convidados para o casamento. A lógica é quanto menos convidados, menos faltas,e quanto mais convidados, mais faltas. Além disso, sempre há a chance de aparecer uma pessoa (ou mais) que não foram convidadas.

7. Confirmação de presença

Caso você esteja muito preocupado com a quantidade de pessoas presentes, você pode fazer uma maneira de confirmação de presença, através do telefone ou e-mail escrito no convite, sites de casamentos ou QR code.

Isso deve ser utilizado apenas como medida de para saber uma média da quantidade de pessoas que irão ao casamento. Não considere a quantidade exata nele.

Confraternização corporativa de final de ano: Já é hora de planejar!

Uma confraternização corporativa de fim de ano é uma ótima oportunidade de apresentar os bons resultados do seu negócio ou mesmo fechar o ano de uma maneira memorável para todos os seus funcionários, e nada melhor do que utilizar uma data marcante como o natal ou o ano novo. Isso pode deixar os colaboradores mais animados com o que está por vir.

Esse tipo de evento pode incentivar a socialização entre os colaboradores, oferecendo um espaço de descontração para que pessoas de diferentes setores se conheçam melhor, aumentando a afinidade. Além disso, as comemorações contribuem para elevar a produtividade dos colaboradores, melhorar engajamento com a companhia e promover a imagem do negócio eternamente.

Alinhar evento com as estratégias do negócio

Para que o seu evento possa criar resultados positivos para a empresa e colaboradores, ele precisa estar de acordo com a cultura e valores da organização. Quando esses quesitos estão devidamente alinhados, a confraternização corporativa pode fortalecê-lo.

Pensar em um evento com esse conceito em mente ajuda a adequá-lo a reputação que a companhia quer construir e ao perfil dos funcionários.

Colaboradores

Tornar os colaboradores engajados é uma tarefa importante. Você pode criar expectativas fazendo com que se sintam parte do planejamento, buscando opiniões, preenchendo formulários de e-mail ou deixando caixas de sugestões em lugares estratégicos. Assim, todos terão uma sensação de contribuição no evento.

Foto: evento Latam Airlines (Divulgação).

LEIA MAIS
Evento corporativo: a importância de planejar um para a sua empresa

Antecedência

Para organizar qualquer tipo de evento corporativo, o planejamento realizado com antecedência é necessário. Imagine só ter que planejar um evento de última hora, no caos de fim de ano, competir o espaço na agenda com outras celebrações.

Planejar de última hora significa perder oportunidades. As agendas dos fornecedores estarão cheias, e será difícil conseguir um encaixe para as suas demandas.

Por isso, antecipe o máximo para garantir o local e datas ideais, um espaço na agenda dos fornecedores, além de um espacinho na agenda dos seus convidados.

Defina a data e o horário

Entre as primeiras decisões para realizar a sua confraternização corporativa, é decidir se ela será feita durante a semana, após o expediente ou em um fim de semana. Você pode optar, também, por garantir datas alternativas como segurança.

Comunicação

Se você planeja uma confraternização corporativa com muito engajamento e presença, capriche na comunicação. Assim, seus colaboradores terão uma visão positiva do evento. Invista no convite, lista de atrações, além de promover uma interação que pode ser realizada antes, durante e depois nas redes sociais, compartilhando fotos e demais lembranças da festa.

Bodas de casamento: saiba a origem e como comemorar

Celebrar o amor é uma das melhores oportunidades que se tem na vida. Compartilhar esse momento com pessoas especiais é ainda melhor. Todos os dias, milhares de casais completam mais um dia juntos, e comemorar marcos como meses e anos de união é uma grande chance. As bodas de casamento são importantes para, juntos, relembrarem os momentos vividos e compartilhados na relação.

O QUE SÃO AS BODAS?

“Boda” tem origem do latim. O vocábulo “vota”, que no plural vira “votum”, quer dizer voto, promessa. Com o passar do tempo e influências de outros idiomas, pronúncias de “v” e “b” se confundiram, transformando “vota” em “boda”.

Em português, utilizamos a palavra no plural. As bodas de casamento passaram a significar e representar a celebração de aniversários de casamento, seja no civil ou religioso.

ORIGEM

A celebração tem origem na Idade Média, onde os primeiros registros desse costume surgiram em pequenos povoados da Alemanha, vistos em obras de 1800. Os autores descreviam como era esperado receber presentes de prata no aniversário de 25 anos de casamento (Silberhochzeit) e de ouro no aniversário de 50 anos (Goldene Hochzeit). Mas pode ter surgido na Roma antiga também.

 

LEIA MAIS
Álbum de casamento: 5 dicas para selecionar as fotos
Curiosidades sobre as alianças

 

A comemoração foi adotada por diferentes culturas, que passaram a se adaptar a essa tradição. Cada ano de aniversário possui um nome e elemento diferente, onde o intuito é, quanto mais tempo de matrimônio, mais precioso e resistente seria o elemento.

TEM QUE COMEMORAR TODO ANO?

Nas bodas de casamento, não existe uma regra exata. Celebrar esse momento deve ser um desejo do casal, em comemorar e compartilhar o amor que resistiu aos anos de união, não podendo se tornar uma obrigação para não perder o significado.

Deve ser um desejo espontâneo. Casais geralmente comemoram as datas mais importantes, como a cada 5 ou 10 anos.

COMO COMEMORAR?

Existem diferentes formas de aproveitar, desde aproveitar o momento juntos e sozinhos em casal quanto compartilhar seu amor com o maior número de pessoas possível.

É possível realizar festas para celebrar essa data com a família e pessoas importantes na vida do casal. Algumas pessoas também realizam grandes cerimônias, como as de casamento, para renovar seus votos.

Evento corporativo: a importância de planejar um para a sua empresa

O evento corporativo é uma das melhores estratégias para criar uma conexão entre os stakeholders (pessoas que têm interesse na gestão de empresas ou na gestão de projetos) e funciona como meio para estreitar os laços de relacionamento.

Os vínculos interpessoais e emocionais são desenvolvidos a partir do contato real, e essa é uma das principais motivações para planejar um evento corporativo para a sua empresa. Por meio deles, você pode reforçar alguns aspectos, como posicionamento de marca, presença no mercado, atrair e reter clientes, motivar equipes, relacionamento interpessoal, entre outros. Empresas que buscam trabalhar de maneira mais humana buscam os eventos corporativos para manter um relacionamento mais próximo com os públicos interno e externo.

Segundo uma pesquisa realizada pela Harvard Business Review com a Splash, notou-se que 1 terço das grandes empresas já investem mais de 20% do orçamento de marketing em eventos.

Para os eventos corporativos, existem modelos que distinguem pelos formatos, conteúdos, abordagens e objetivos, como congressos, convenções, feiras, palestras e conferências, além de muitos outros.

Existem algumas pessoas que acreditam que os eventos corporativos servem apenas para gerar custos desnecessários, mas essa demonstra ser mais uma oportunidade de gerar negócios. O evento corporativo se caracteriza como um investimento, e gera porcentagens significativas de retorno financeiro aos organizadores.

Estratégia de marketing e geração de Leads de vendas

Realizar um evento corporativo com planejamento e organização, é possível cumprir com seus objetivos. Os eventos devem proporcionar experiências para quem participa, impactar positivamente a vida das pessoas que por lá circularam. Deve ser uma oportunidade para novas ideias.

Preparar um evento corporativo e direcioná-lo ao público alvo correto pode ser a estratégia ideal para captar novos leads. Ao alinhar-se aos interesses em comuns, a consequência é o marketing boca a boca, o compartilhamento e a atração de novos leads.

Visibilidade

Investir em eventos corporativos pode aumentar a visibilidade da sua marca. Em eventos de lançamento de produto ou institucional, com um bom planejamento de comunicação, a empresa tem a chance de ganhar mais exposição, mais espaço na imprensa e nas mídias sociais, por meio dos compartilhamentos.

Pode ser a oportunidade ideal para reunir uma determinada audiência e mostrar a força da marca, a perseverança da sua empresa e a postura positiva da sua equipe. Passar a sua visão para um grande público de uma forma pessoal é a chance para expandir o seu poder de influência. Por fim, devemos sempre lembrar da famosa frase: “Quem não é visto, não é lembrado”.

Fortalecimento da marca

Evento significa acontecimento. Através deles, você comunica a visão da sua empresa, mostra novas formas de conduzir um trabalho, além de poder realizar o treinamento e desenvolvimento de seus funcionários. Tudo isso colabora para fortalecer a sua marca, reafirmando posicionamentos e contribuindo para soluções em equipe.

Networking

Podem ser ideais para desenvolver relacionamentos entre colaboradores e diferentes empresas, e que pode gerar novos negócios, parcerias e projetos.

Entrada da noiva: como escolher a música certa

A entrada da noiva é um momento mágico nas cerimônias de casamento, causando muitas emoções em convidados e no próprio noivo. Para tornar o momento ainda mais especial, a escolha da música certa é essencial.

A Marcha Nupcial tem sido uma tradição mantida a muitos anos, e que se iniciou em 1858 com o casamento da princesa Victoria com o príncipe da Prússia, Frederick William. Para a entrada da noiva, ela utilizou a Marcha Nupcial de Wagner (que é o trecho III da Opera Lohenfrin), e sua saída da cerimônia foi marcada pela Marcha Nupcial de Mendelssohn, obra musical baseada na peça “Sonho de uma noite de verão”, de Shakespeare (a mais usada aqui no Brasil).

Atualmente os casamentos permitem cerimônias mais modernas, onde é possível realizar uma mistura harmoniosa entre o tradicional e o moderno, explorando diferentes opções. Mas essa infinidade de alternativas acaba causando dificuldades para os noivos selecionarem as músicas para a cerimônia. Confira algumas dicas para escolher a música certa para a entrada da noiva.

Combinar com o casal

Para escolher a música correta para a entrada da noiva, é preciso focar no gosto musical do casal. Os dois devem procurar canções que tenham uma memória afetiva, para assim tornar o momento mais emocionante. Deve-se ter uma identificação especial com a letra. Pode ser qualquer música, desde que carregue um significado e sentimento particular para ambos.

Letra da música

Mesmo que não existam regras, vale seguir algumas recomendações para evitar algumas situações desagradáveis. Fique sempre atento à tradução da música, se ela possui expressões, gírias ou palavrões.

 

LEIA MAIS

Dia da noiva: como se planejar e programar

Tendências de buquês para casamentos

 

Inspirações

Para selecionar a sua música ideal para a entrada da noiva, uma dica é ficar atento às tendências musicais de cada ano para buscar inspirações, como músicas tradicionais e românticas que bombam nas rádios.  

Local

Ficar atento ao local que acontecerá a cerimônia pode ajudar na escolha. Locais como igrejas, por serem mais religiosos, podem conter restrições quanto a música. As mais comumente usadas são a tradicional Marcha Nupcial e Ave Maria. Em casamentos ao ar livre e no campo, vale a pena apostar em músicas mais leves e modernas, já que o ambiente permite canções mais descontraídas e românticas.  Casamentos na praia podem combinar mais com versões acústicas e leves.