Alguns filmes de Hollywood retratam o casamento grego como uma cerimônia bastante inusitada e, ao mesmo tempo, muito divertida. Mas será que é assim mesmo — com muita dança e pratos sendo lançados ao chão — que os gregos e os seus descendentes daqui do Brasil se casam?

Veja agora as principais características, tradições e curiosidades de um legítimo casamento grego. A gente aposta que você vai querer levar algumas dessas inspirações direto para a sua própria cerimônia!

A cerimônia do casamento grego

Na Grécia, a grande maioria da população pertence à religião ortodoxa, onde o casamento é um sacramento. Por isso, é comum que os casais queiram receber a benção na igreja.

E já nesse momento é respeitada a primeira tradição do casamento grego: a cerimônia é iniciada fora da igreja. Ali, o sacerdote repete por 3 vezes a benção aos noivos (significando o Pai, o Filho e o Espírito Santo) e somente depois disso é que o casal entra no local. Em seguida, os noivos acendem velas — que vão permanecer com eles até o fim da cerimônia.

Ainda na entrada da igreja, são colocadas nas cabeças dos noivos duas coroas, presas por uma fita (que podem ser feitas de qualquer material). Durante a cerimônia, há um momento especial para esses objetos: a coroação. Os noivos vão trocá-las em suas cabeças por 3 vezes. Esse gesto simboliza a união eterna.

A festa

É verdade que os casamentos gregos são verdadeiras celebrações, com muita música, dança e comida. A alegria é presença garantida nesse momento, e todos se divertem para valer — geralmente, até o dia amanhecer.

A tradicional quebra de pratos realmente existe e simboliza o desapego aos bens materiais, além de um desejo de boa sorte ao novo casal.

Outro clássico momento de uma recepção grega é a dança Kalamatiano — a dança do lenço. Nesse momento, os noivos dançam unidos por um lenço e convidam outras pessoas a se juntarem à dança (cada um segurando em uma ponta do lenço).

A decoração do ambiente também é repleta de objetos e detalhes tradicionais. É muito comum, por exemplo, vermos olhos gregos e ramos de oliveira decorando um típico casamento grego, além do uso de cores claras, como o azul, o verde-claro e o branco.

Por fim, o bolo é, tradicionalmente, feito com mel, sementes de gergelim e marmelo.

A lembrancinha

Uma doce tradição do casamento grego que se perpetua até hoje e que você pode levar para a sua própria cerimônia são as lembrancinhas, que são simples e deliciosas amêndoas confeitadas com açúcar.

Dizem os gregos que o sabor agridoce das amêndoas açucaradas nos faz lembrar que o casamento (assim como a vida) é feito de momentos bons e ruins, mas o açúcar ainda prevalece, simbolizado a esperança de que os momentos doces sejam mais frequentes do que qualquer outro.

O vestido da noiva

O vestido também é um assunto importantíssimo para as noivas gregas. Tradicionalmente, eles são longos e de cores claras — remetendo às vestes das próprias deusas gregas.

A maquiagem e o penteado seguem essa mesma linha, simples, bem-arrumada e repleta de elegância.

Uma curiosidade é que no buquê da noiva é comum ter ervas aromáticas, como manjericão, tomilho ou hortelã-pimenta.

Viu só como é interessante conhecer um pouco sobre as cerimônias de outras culturas? Dessa forma, você pode ter boas ideias para o seu grande dia. O casamento grego, por exemplo, é fonte de inspiração para momentos felizes e inesquecíveis!

Para acompanhar sempre conteúdos interessantes sobre casamentos e conhecer um lugar incrível para realizar a sua cerimônia, siga a gente nas redes sociais! Estamos no Facebook e no LinkedIn.

Autor

Escreva um comentário

Share This