Você com certeza já parou para pensar nos desafios de organizar casamento, certo? O planejamento do grande dia nem sempre é fácil e diversos detalhes devem ser levados em consideração para a garantia de um dia completamente perfeito.

As noivas sabem de uma coisa: só de pensar no dia que estarão no altar, diante do noivo e dos convidados, dá um verdadeiro friozinho da barriga. Esse sentimento é algo natural, afinal, esse é um momento muito esperado — muitas vezes por anos — e ficará para sempre na memória de todos.

Porém, antes de chegar à bela festança é preciso se preocupar com muitos preparativos, que podem deixar noivos enlouquecidos. Mas tenha calma, não há motivos para desespero. Para ajudar nessa deliciosa missão, fizemos um pequeno roteiro sobre como organizar casamento. Acompanhe a seguir e veja que não é tão complicado quanto está pensando!

orçamento cerimônia casamento

Defina o orçamento para a cerimônia

O primeiro passo é definir o orçamento disponível para a festa e para a cerimônia. Com o valor definido, fica muito mais fácil decidir para onde o dinheiro vai e começar os planejamentos para o grande dia.

Por isso, é fundamental tirar um tempo para colocar todos os possíveis gastos na ponta do lápis e decidir quanto dinheiro será gasto no preparo da festa. Lembre-se de que tudo deve ser levado em consideração, certo? O planejamento financeiro é crucial para o sucesso da festa.

Sente-se com seu parceiro ou parceira e anote tudo o que vocês planejam fazer. Em seguida, organize os pontos em ordem de prioridade e comecem a distribuir os valores pela lista. Por fim, deixe sempre uma quantia ‘’livre’’, para possíveis imprevistos que surgem no decorrer da organização.

estilo cerimônia casamento

Escolha o estilo do seu casamento

O segundo passo é definir o estilo do seu casamento, pois esta decisão é fundamental para nortear todas as outras. Para isso, veja qual estilo mais combina com os noivos. Há muitas alternativas e todas favorecem uma festividade elegante, linda e animada.

Entre os principais estilos, podemos destacar os seguintes:

  • clássico: atemporal, tradicional, sofisticado, sóbrio e que combina com festas durante o dia ou de noite. O requinte estará nos detalhes;
  • rústico: esse estilo combina com quem gosta daquele clima de fazenda e de natureza, mesmo assim a elegância e o bom gosto são mantidos;
  • provençal: o casamento nesse estilo preza pelo romantismo, pois há o uso, com muita delicadeza, do floral nas decorações. O clima da festa será de encantamento.

Mas, além desses, os noivos podem usar sua criatividade para encontrar o tipo de decoração que vai se encaixar completamente com a personalidade de ambos. Por isso, a dica é escolher com calma para não correr o risco de se arrepender.

local cerimônia casamento

Decida o local do casamento

Mais um passo importante para organizar o casamento: a escolha do local onde ocorrerá a celebração. Já que a ideia é realizar um grande sonho, essa definição precisa atender a esse critério.

Visite os possíveis locais e veja se consegue imaginar sua festa neles. É importante que os noivos se sintam bem no ambiente e que esteja de acordo com os seus anseios.

Além disso, verifique a qualidade do serviço oferecido, o atendimento, pesquise opiniões na internet para saber como é a reputação do buffet. Se possível, entre em contato com pessoas que já realizaram eventos no local e confira como foi a experiência.

Lembre-se de que esse será um dia muito importante e, por conta disso, o local escolhido deverá atender todas as suas expectativas. Alguns fatores, como o tamanho do espaço e a segurança da região também são fundamentais e devem ser levadas em consideração.

Faça a lista de convidados

Talvez esse seja um dos passos mais complicados na organização do casamento, principalmente para quem tem muitos amigos e uma família grande. Afinal de contas, ninguém quer deixar pessoas importantes de fora do dia mais importante de suas vidas, não é mesmo?

Por isso, o ideal é fazer uma lista com todas as pessoas que gostaria de convidar, sem exceções. Inclua os amigos de faculdade, do trabalho, os parentes mais distantes, enfim, todas as pessoas.

Depois, confira qual foi o resultado e se a quantidade está de acordo com o previsto e com a capacidade do local escolhido. Então, talvez vocês já tenham uma lista pronta de convidados.

Agora, se o número é superior ao esperado, é hora de começar a rever a lista para atingir o limite desejado. Apesar de não ser uma tarefa fácil, é necessário. Afinal, é preciso prezar pelo conforto de todos na festa.

A dica é fazer outra lista com aqueles convidados que não podem faltar de forma alguma, como os familiares e amigos mais próximos. Feito isso, avalie caso a caso quem mais deve convidar. Pode ser que aquela amiga que fez um trabalho com você no primeiro ano de faculdade não seja mais tão próxima e por isso não faça muito sentido convidá-la para a ocasião.

Escolha fornecedores e profissionais de confiança

Com o valor disponível definido e a lista de convidados fora de seu caminho, chegou a hora de começar a escolher os fornecedores e profissionais que cuidarão dos serviços de sua festa. Para isso, é fundamental que eles sejam de confiança, para garantir que tudo seja perfeito.

Busque a opinião de colegas e familiares que já se casaram ou utilize a internet para obter o maior número de resenhas possíveis de cada servidor. Entre os serviços que devem ser contratados, podemos citar a banda responsável pela trilha sonora de seu casamento, os chefs responsáveis pelo cardápio, o fotógrafo, etc.

Além da qualidade dos serviços prestados, é interessante buscar valores mais atraentes e que caibam em seu bolso, como veremos no tópico a seguir.

Busque orçamentos para a festa de casamento

O próximo passo é buscar orçamentos. Em relação a esse ponto, há basicamente duas opções: orçar todos os itens separados, como buffet, DJ, cerimonial, decoração etc., ou então procurar alternativas que ofereçam conjuntamente esses serviços.

O primeiro modo é geralmente mais trabalhoso, pois terá que administrar contratos com diferentes fornecedores, o que não é muito prático e no final o custo pode ser mais elevado.

Por outro lado, com opções em conjunto, haverá mais facilidade, porque você terá a chance de fechar negócio tudo de uma vez, sem mais burocracias ou dificuldades. Sem contar que o custo-benefício é compensador.

Por conta disso, a dica é avaliar qual é o seu perfil, caso tenha tempo e goste de pesquisar muitos fornecedores, siga por essa linha. Porém, se a ideia é encontrar as melhores soluções com apenas uma empresa, vá nessa direção.

Crie a lista de presentes de casamento

A lista de presentes é um grande facilitador para noivos, que sugerem itens necessários para início da vida a dois e também para que os convidados que não fiquem perdidos sem saber o que presentear.

Sendo assim, a dica é não abrir mão deste recurso, até porque já é algo comum, aceitável e muito difundido. Porém, é preciso ter cuidado ao elaborar a lista.

Primeiro, escolha lojas com unidades físicas e também pela internet para trazer mais opções a todos. Opte por, pelo menos, duas lojas diferentes para oferecer maior flexibilidade aos convidados.

Depois, procure incluir itens de diferentes faixas de preços, desde os mais simples até outros de maior valor para não constranger de ninguém. No final, para ambos os lados, tudo ficou mais prático e sem complicações!

Separe todos os documentos

Até aqui você já entendeu bastante como organizar casamento, certo? Porém, abordamos itens relacionados à festa e à cerimônia, mas tem um ponto muito importante que precisa de atenção: os documentos.

Se não estiver tudo em dia, não haverá casamento! Portanto, deixe separado tudo o que for necessário para o registro civil, como certidão de nascimento, RG, testemunhas e padrinhos que assinam no dia do matrimônio.

Já para a cerimônia religiosa é preciso verificar com a própria igreja o que é necessário. Normalmente, ao buscar informações sobre as datas disponíveis já são informados todos os trâmites. E claro, atente-se às datas para entrega da documentação para que tudo saia nos conformes. Afinal, você não vai querer atrasar o dia que tanto planejou, não é?

Comece a planejar a lua de mel

A viagem que acontecerá logo depois do casamento também faz parte dos planejamentos desse grande evento. Por isso, o local deve ser definido assim que a data da festa for escolhida, para que o clima do destino esteja favorável durante a estação.

Além disso, pontos importantes como passagens, hospedagens e vistos também devem entrar na organização e ser resolvidos o quanto antes. Isso garante mais economia e praticidade, além de evitar problemas que podem ocorrer em cima da hora e estragar a sua viagem.

Por fim, defina os roteiros e escolha quais passeios serão feitos no local de destino. Assim, fica mais fácil montar um orçamento para a viagem e não deixar nem um ponto turístico importante de fora.

Como podemos perceber, organizar casamento não é uma tarefa nada fácil. Várias questões devem ser levadas em consideração para que tudo saia como desejado e a pressão é bastante alta. No entanto, lembre-se de que esse período é único e de que mesmo com as dificuldades, deve ser aproveitado ao máximo. Tente se divertir e boa sorte!

O que você achou dessas dicas sobre como organizar casamento? Quer saber ainda mais sobre esse assunto tão importante? Confira, então, nosso artigo sobre os benefícios em fazer a cerimônia e a festa no mesmo local! Boa leitura!

Autor

Escreva um comentário

Share This