Tag

clima

Browsing

Casamentos no outono-inverno

Muitas noivas tem dúvida na hora de escolher a data e a estação em que será realizado o casamento, com receio de escolherem os períodos mais frios. Porém, os casamentos no outono-inverno fogem da alta temporada, além de ser uma oportunidade para montar ótimos cardápios e investir em uma decoração criativa e aconchegante.

Caso ainda haja dúvidas, aqui vão algumas dicas para organizar o casamento nesse período do ano:

Local adequado

Realizar a cerimônia ao ar livre não é um problema para os casamentos no outono-inverno, mas uma dica para tornar o momento ainda melhor é escolher um horário em que o sol esteja mais presente, trazendo conforto aos convidados. Se o local venta muito, uma boa opção é utilizar tendas para manter os convidados mais aconchegados.

Trajes que combinem com a estação

Para as noivas, a aposta segura são os vestidos mais longos, com tecidos mais encorpados e estruturados, manguinha e saia com volume, podendo usar camadas de tecido para se manter aquecida. Além disso, é possível escolher uma peça de inverno que combine com o vestido.

Para os noivos, uma boa escolha são os tons terrosos, buscando sempre combinar com o tom da pele. E uma boa aposta para as madrinhas são os vestidos metalizados, com tons terrosos e alaranjados, mas tudo irá depender do estilo do casamento.

Decoração aconchegante

Os casamentos no outono-inverno abrem a possibilidade de propor uma decoração mais cálida e aconchegante. Apostar em uma iluminação quente, luz direcional, mantinhas, fogueiras, entradinhas quentes e o que mais sua criatividade permitir.

Aproveitar para usar uma paleta de cores mais característica dessa época do ano, com tons quentes e terrosos para dar a sensação de acolhimento. E nos arranjos florais é possível utilizar galhos e folhas secas.

Além disso, é importante criar uma identidade visual envolvendo todo o casamento, para que crie uma conexão que converse tanto com a decoração da festa, quanto a cerimônia, os trajes e até mesmo o convite.

Cardápio

Pratos mais quentes e calóricos são ótimas escolhas, como os caldos e até mesmo o chocolate quente. Outras ideias são servir feijoada, churrasco, fondue, sopas, massas, pizzas acompanhadas com vinhos e bebidas destiladas.

Bebidas para o casamento: como calcular a quantidade certa?

Calcular bebidas para casamento é uma tarefa complicada. É preciso considerar opções a serem servidas e quantidade de convidados.

Confira no infográfico a seguir como acertar em cheio, sem que nada falte!

Considere o perfil dos convidados

Avalie o perfil dos convidados ao calcular as bebidas para casamento.

Whisky ou cerveja? Qual a preferência?

Pense em quantidades proporcionais.

Considere drinks que estão em alta: Gin Tônica, o Aperol Spritz e o Moscow Mule.

Use um cálculo por pessoa

A partir da análise do perfil dos convidados faça esses cálculos:

  • Cada convidado consome 600 ml de refrigerante/suco;
  • A cerveja deve estar em 800 ml por pessoa;
  • A água fica em cerca de 200 ml para cada;
  • O coquetel de frutas fica em 2 litros para cada 10 pessoas;
  • Uma garrafa de espumante atende 2 pessoas;
  • Uma garrafa de whisky atende 15 pessoas;
  • Uma garrafa de vodka atende 5 pessoas;
  • Uma garrafa de gin atende 10 pessoas;
  • Uma garrafa de vinho tinto serve 6 pessoas.

Varie a qualidade das bebidas

Há diferentes qualidades de bebidas que você pode oferecer, sejam elas alcoólicas ou não.

Por exemplo, reparta entre refrigerantes e sucos, levando em conta que um sempre será mais barato que o outro. Nas bebidas alcoólicas, varie entre as caras e medianas.

Leve em conta a temperatura

Por mais que o local da festa seja climatizado, as diferentes estações do ano influenciam o consumo de bebidas.

No calor, sucos, refrigerantes, cerveja e espumantes são mais consumidos, então é importante calcular com uma margem para cima. O mesmo acontece com o vinho tinto no inverno.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas saibam como calcular as bebidas para casamento.