Tag

clima

Browsing

Decoração do casamento: Como planejar e escolher

A cerimônia de casamento é um grande evento para os noivos. Mas para isso acontecer, existe um longo planejamento por trás. Muitas pessoas alimentam os grandes planos para o casamento antes mesmo do noivado. A partir do momento que a data do casamento é marcada, se inicia a busca pela decoração ideal. A decoração do casamento é um dos fatores que influencia mais na impressão que os convidados terão da festa e suas lembranças. Confira algumas dicas para planejar e escolher a decoração do casamento:

ANTECEDÊNCIA

Sempre existe aquela pessoa que deseja planejar algo de última hora. A decoração do casamento é um dos itens que mais toma o tempo e o dinheiro na hora da organização. Quanto antes vocês souberem do orçamento da decoração, melhor.
Alguns profissionais acreditam que são necessários entre oito meses a um ano para organizar a decoração. Assim, é possível evitar conflitos com a agenda dos fornecedores.

ENTENDA O ESTILO

O mais importante numa cerimônia de casamento é que o casal se identifique, assim se sentirão mais confortáveis e espontâneos, o que gerará ótimas lembranças do evento. Na hora de pensar na decoração do casamento, não é necessário se prender a tendências ou a opinião de amigos. Uma festa marcante deve ter personalidade. Caso faltem ideias, busquem sempre por inspirações pela internet.

LEIA MAIS:

Planejamento para casamento: por onde começar?
Dicas para realizar um casamento encantador

PLANO B PARA EVENTOS AO AR LIVRE

A verdade é que, atualmente, os eventos ao ar livre são os queridinhos dos noivos. Antes considerados formais, os casamentos ao ar livre podem ganhar a cara dos noivos, despojados e proporcionando um contato direto com a natureza.
Mas é sempre importante estar ligado nos imprevistos, como o tempo, as chuvas, os ventos fortes ou o sol intenso, que podem acabar com todo o planejamento de dias, meses ou anos. Um plano B é a opção ideal para quem planeja esse tipo de casamento, como deixar uma tenda para casamento a disposição para ser instalada.

DECORAÇÃO POR UM PROFISSIONAL

Muitas pessoas podem olhar para a decoração de um casamento imaginando que foi algo muito simples de ser feito, mas quase sempre isso não é uma verdade. O planejamento para a decoração de um casamento leva em conta muitos detalhes. Um profissional responsável por isso se encarregará e deve saber usar recursos como iluminação, cores, mobília e flores.

DECORAÇÃO COMO LEMBRANÇA PARA OS CONVIDADOS

Existem muitas maneiras de criar uma decoração que possa ser guardada pelos convidados. Até porque, depois de tanto esforço colocado em uma decoração, em um arranjo de flores, o que você menos deseja é ver isso sendo descartado. Para que os convidados sejam informados da possibilidade de levarem a lembrança, você pode adicionar pequenas etiquetas nos arranjos com mensagens informando o item pode ser levado e se transformar em enfeites para sua casa. Uma pequena lembrança para você que prestigiou a data junto ao casal.

Casamentos no outono-inverno

Muitas noivas tem dúvida na hora de escolher a data e a estação em que será realizado o casamento, com receio de escolherem os períodos mais frios. Porém, os casamentos no outono-inverno fogem da alta temporada, além de ser uma oportunidade para montar ótimos cardápios e investir em uma decoração criativa e aconchegante.

Caso ainda haja dúvidas, aqui vão algumas dicas para organizar o casamento nesse período do ano:

Local adequado

Realizar a cerimônia ao ar livre não é um problema para os casamentos no outono-inverno, mas uma dica para tornar o momento ainda melhor é escolher um horário em que o sol esteja mais presente, trazendo conforto aos convidados. Se o local venta muito, uma boa opção é utilizar tendas para manter os convidados mais aconchegados.

Trajes que combinem com a estação

Para as noivas, a aposta segura são os vestidos mais longos, com tecidos mais encorpados e estruturados, manguinha e saia com volume, podendo usar camadas de tecido para se manter aquecida. Além disso, é possível escolher uma peça de inverno que combine com o vestido.

Para os noivos, uma boa escolha são os tons terrosos, buscando sempre combinar com o tom da pele. E uma boa aposta para as madrinhas são os vestidos metalizados, com tons terrosos e alaranjados, mas tudo irá depender do estilo do casamento.

Decoração aconchegante

Os casamentos no outono-inverno abrem a possibilidade de propor uma decoração mais cálida e aconchegante. Apostar em uma iluminação quente, luz direcional, mantinhas, fogueiras, entradinhas quentes e o que mais sua criatividade permitir.

Aproveitar para usar uma paleta de cores mais característica dessa época do ano, com tons quentes e terrosos para dar a sensação de acolhimento. E nos arranjos florais é possível utilizar galhos e folhas secas.

Além disso, é importante criar uma identidade visual envolvendo todo o casamento, para que crie uma conexão que converse tanto com a decoração da festa, quanto a cerimônia, os trajes e até mesmo o convite.

Cardápio

Pratos mais quentes e calóricos são ótimas escolhas, como os caldos e até mesmo o chocolate quente. Outras ideias são servir feijoada, churrasco, fondue, sopas, massas, pizzas acompanhadas com vinhos e bebidas destiladas.

Bebidas para o casamento: como calcular a quantidade certa?

Calcular bebidas para casamento é uma tarefa complicada. É preciso considerar opções a serem servidas e quantidade de convidados.

Confira no infográfico a seguir como acertar em cheio, sem que nada falte!

Considere o perfil dos convidados

Avalie o perfil dos convidados ao calcular as bebidas para casamento.

Whisky ou cerveja? Qual a preferência?

Pense em quantidades proporcionais.

Considere drinks que estão em alta: Gin Tônica, o Aperol Spritz e o Moscow Mule.

Use um cálculo por pessoa

A partir da análise do perfil dos convidados faça esses cálculos:

  • Cada convidado consome 600 ml de refrigerante/suco;
  • A cerveja deve estar em 800 ml por pessoa;
  • A água fica em cerca de 200 ml para cada;
  • O coquetel de frutas fica em 2 litros para cada 10 pessoas;
  • Uma garrafa de espumante atende 2 pessoas;
  • Uma garrafa de whisky atende 15 pessoas;
  • Uma garrafa de vodka atende 5 pessoas;
  • Uma garrafa de gin atende 10 pessoas;
  • Uma garrafa de vinho tinto serve 6 pessoas.

Varie a qualidade das bebidas

Há diferentes qualidades de bebidas que você pode oferecer, sejam elas alcoólicas ou não.

Por exemplo, reparta entre refrigerantes e sucos, levando em conta que um sempre será mais barato que o outro. Nas bebidas alcoólicas, varie entre as caras e medianas.

Leve em conta a temperatura

Por mais que o local da festa seja climatizado, as diferentes estações do ano influenciam o consumo de bebidas.

No calor, sucos, refrigerantes, cerveja e espumantes são mais consumidos, então é importante calcular com uma margem para cima. O mesmo acontece com o vinho tinto no inverno.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas saibam como calcular as bebidas para casamento.