Tag

lua de mel

Browsing

Como planejar sua lua de mel

Na hora de planejar o seu casamento, a lua de mel não pode ser deixada de lado. Ela é importante para marcar o início da vida conjunta do casal da melhor forma: repleta de momentos românticos, relaxantes e divertidos. Já teve dúvidas de como programar esse momento? Então confira:

Personalidade do casal

Entender qual é a personalidade de ambos pode ajudar a traçar os primeiros pontos para decidir onde irão. Saber quais são seus gostos e o que querem facilita na escolha e deixa a viagem mais harmoniosa e proveitosa. Não vale a pena usar esse momento aproveitando a lua de mel dos sonhos de outra pessoa, não é?

Anote, trace planos, faça rascunhos, listas. Existem muitas possibilidades, e caso a falta de ideias seja o empecilho: pesquise. Muitas pessoas que já casaram ou irão casar hoje tem listas pela internet afora que podem servir de inspiração.

Orçamento

O orçamento é um dos itens mais importantes para conseguir realizar uma boa viagem e com menos imprevisto estresse possível. Você precisa saber o quanto você tem disponível para realizar a viagem para se planejar melhor.

A partir disso, você consegue colocar no papel as prioridades e estipular valores a serem gastos. Uma boa viagem pede uma boa estada e momentos muito românticos, mas sem esquecer de ser pé no chão com os gastos. Uma dica é incluir dentro do orçamento os gastos que acontecerão durante a viagem, como compras e restaurantes.

Planejamento

Para realizar um bom planejamento, é importante ter uma noção do tempo e data da viagem. Isso irá permitir que você busque as passagens e aproveite o melhor disponível para aquela época do ano. Programar quantos dias vocês ficarão viajando pode evitar imprevistos, além de fazer roteiros.

Além disso, o ideal é não contar com os dias de chegada e de partida como dias úteis. Eles devem ser usados para arrumar/desfazer as malas e relaxar depois do tempo estressante da viagem.

Passagens aéreas

Depois de fazer a organização e planejamento, é hora de ficar de olho.

Algumas empresas, ainda, possuem programas de milhas. Resta ficar esperta e acompanhar os preços dos destinos, sempre seguindo o orçamento. A antecedência é o melhor plano!

Como reduzir os custos com estrutura para o casamento?

Quando estamos organizando um casamento, sabemos que os gastos são diversos. O mercado oferece inúmeras opções e, é claro, queremos contratar os melhores serviços para proporcionar um momento único a todos os nossos convidados. Considerando que os gastos geralmente acabam sendo exacerbados, você sabe como reduzir os custos com estrutura para casamento — ou melhor, se isso é realmente possível?

São diversos os investimentos que compõem a estrutura, como aluguel do salão, mobília, som, iluminação e decoração. Contudo, se você souber como enxugar os gastos, é possível realizar uma festa inesquecível e ter o casamento dos seus sonhos sem usar quantias exorbitantes.

Se você quer saber como reduzir os custos com estrutura para casamento, continue a leitura e aprenda tudo sobre o assunto! Vamos lá?

Organize com calma a planilha orçamentária

O primeiro passo para saber até onde você pode investir é fazer uma planilha para organizar o financeiro da sua festa. Liste todos os gastos, separando-os por áreas para otimizar o tempo:

  • estrutura;
  • convites e materiais impressos;
  • alimentação e bebidas;
  • vestimentas;
  • equipe de trabalho;
  • lua de mel;
  • logística e transporte.

Ao mapear todos os custos, é possível ter um panorama bem amplo sobre a sua festa. Marque todos os itens que são prioritários e os aspectos dos quais você não abre mão e tente negociar um valor menor para aqueles que são menos importantes.

Saiba negociar os valores

Para cada item da sua lista, solicite, no mínimo, três orçamentos. Dessa forma, fica muito mais fácil saber se algum fornecedor está superfaturando em cima de algum item — afinal, não é nenhuma novidade que muitos fornecedores cobram muito mais do que deveriam quando ouvem a palavra “casamento”.

Isso, no entanto, não significa que você deve contratar o fornecedor mais barato. Estamos apenas ressaltando que, para realizar o casamento dos seus sonhos, é necessário avaliar o melhor custo-benefício, prezando sempre pela qualidade dos serviços e pela confiança no fornecedor.

Além disso, se você gostou de algum fornecedor e ele não é o mais em conta financeiramente, tente conversar e chegar em um acordo em comum, talvez substituindo alguns itens que são mais caros por outros mais econômicos.

Contrate poucos (e bons) fornecedores para reduzir custos com estrutura para casamento

Outro segredo para não estourar o orçamento é contratar poucos fornecedores. Contudo, eles precisam ser da sua confiança para que exista a certeza de que nenhum deles vai criar uma terrível dor de cabeça na semana do seu evento.

Quando você encontra um fornecedor que tem grande parte dos itens necessários, é indicado fechar um pacote (o que comumente acaba saindo mais em conta). Além disso, não há a preocupação em assinar diversos contratos e controlar a chegada de cada um deles no seu casamento.

Por exemplo, imagine que você alugou cadeiras em lugar, sofás em outro, lustres em outro e ainda vasos decorativos em um quarto fornecedor. É necessário se preocupar com quatro contratos, quatro pagamentos, quatro notas fiscais, quatro entregas, montagens, desmontagens… cansativo, não? Agora, imagine que todos esses itens você alugou em apenas um lugar. O processo se torna muito mais fácil e acessível, certo?

Contrate uma assessoria expert no assunto

É natural que muitas pessoas pensem que, se ela própria organizar o seu casamento, os custos serão muito menores. Contudo, por ser expert no assunto, uma assessoria em eventos tem muito mais propriedade para encontrar os itens personalizados que você precisa, sabendo quais materiais podem ser substituídos por outros mais acessíveis, mas da mesma qualidade.

Normalmente, as assessorias firmam parcerias com fornecedores-chave, ou seja, investem sempre nos mesmos que trazem mais confiança e têm a certeza de que os produtos alugados são de qualidade.

Isso acontece porque as assessorias de eventos planejam, coordenam e organizam diversos casamentos ao mesmo tempo, assim conseguindo negociar um valor muito melhor para a estrutura do seu casamento.

Além disso, você não precisa se preocupar com detalhes técnicos e pode focar a sua atenção em assuntos mais interessantes, como a escolha do modelo do convite, o vestido de noiva e até mesmo organizar a tão sonhada viagem de lua de mel.

Confira se o espaço alugado tem estrutura para som e iluminação

Se você optar por realizar o seu casamento em um local que não tenha estrutura para o som e a luz, saiba que será mais um investimento necessário. Por isso, é sempre recomendado encontrar um lugar que já tenha essas estruturas.

Existem, por exemplo, ambientes que já têm espaço para inserir os globos de luz e montar uma pista de dança incrível. Ao contrário, se o ambiente não tiver isso, é necessário investir nas estruturas de goleira, torres e outras estruturas de luzes — sem contar que você vai precisar investir em uma boa decoração para escondê-las.

Encontre um local que seja naturalmente lindo

O que queremos dizer com isso? Significa que, se houver o investimento em um espaço bruto, que tem apenas quatro paredes e luzes comuns, você vai gastar o dobro investindo em decoração como tapumes, plantas, faixas e demais acessórios.

Agora, se você encontrar um espaço que seja apropriado para festas, que as paredes já sejam pintadas de acordo com a elegância da ocasião, que seja bem iluminado com grandes janelas e tenha lustres charmosos, será preciso investir em alguns poucos artigos para embelezá-lo.

Além disso, alguns espaços para aluguel para eventos possuem jardins integrados, favorecendo o bem-estar e acomodação dos convidados — além, é claro, de tornar o momento ainda mais perfeito.

Sabendo que o casamento é uma celebração importante tanto para os noivos quanto para os convidados, ele precisa ser muito bem planejado para tornar o momento único para todos. Por isso, uma etapa muito importante na organização de uma festa é saber como economizar na hora de contratar os serviços. Assim, quando você enxuga esses gastos, pode investir em outros detalhes que considera mais importante.

Neste post, apresentamos algumas dicas sobre como reduzir os custos com estrutura para casamento. Se você nos acompanhou até aqui, temos a certeza de que vai adorar aprender também sobre os benefícios de fazer a cerimônia e a festa no mesmo local. Boa leitura e até o próximo post!

3 dicas imperdíveis para organizar a sua lua de mel

Nos meses que antecedem o casamento, existem inúmeras questões para se preocupar e decidir. Organizar a lua de mel é um dos detalhes mais importantes e esperados pelos noivos, não é verdade? Sendo assim, todo casal que deseja que esse acontecimento seja memorável em suas vidas e que tudo ocorra perfeitamente, é necessário planejar.

Encontrar o destino perfeito para esse momento pode até parecer desafiador, mas com organização torna-se bem mais simples. Foi pensando nisso que elaboramos algumas dicas para que você organize a lua de mel da melhor maneira. Boa leitura!

1. Escolha um local que seja importante para o casal

Uma ótima maneira de começar a escolher o destino da viagem é considerando os lugares que são importantes para os noivos. Relembre os locais que já visitaram juntos, avaliando o quão inesquecível e marcantes eles foram. Assim, é possível determinar se vale a pena ou não repetir a dose na lua de mel.

No entanto, saiba que um lugar importante para o casal não precisa necessariamente ser um destino já conhecido. Pode ser um local que represente um sonho de infância, ou até mesmo que guarda uma memória afetiva de um dos dois. Essas reflexões agregam bastante significância para a lua de mel, tornando a fase de escolha mais agradável e especial.

2. Determine o custo e a duração da viagem

Planejar a viagem é muito gostoso, mas é preciso levar em consideração alguns aspectos. O tempo que durará e qual o seu custo total para realizá-la são bons exemplos. Por meio dessas questões, é possível eliminar muitos destinos que possam sair dos limites estabelecidos previamente.

Hoje, a internet proporciona diversos blogs de viagens que sinalizam qual o mínimo necessário para conhecer determinado lugar. Assim, uma pesquisa nesse sentido é muito válida. Analise, anote tudo e discuta com o seu parceiro ou parceira pelo menos três opções de locais diferentes.

3. Compre as passagens e defina o hotel

Pronto, local definido! A animação com esse planejamento aumenta cada dia que se aproxima da viagem, mas, ainda, é necessário comprar as passagens e definir o hotel. Dessa forma, pesquise os valores para o local selecionado e, caso esteja muito alto, não se sinta mal em avaliar as outras opções discutidas. Defina exatamente as datas de ida e volta, busque por promoções e, por fim, compre as passagens.

Uma vez que o casal já está com as passagens em mãos, é hora de pesquisar os hotéis. Junto com essa pesquisa, avalie inicialmente sobre os pontos turísticos do seu destino e quais são os bairros mais seguros. Assim, a sua pesquisa será mais direcionada e precisa, além de o sucesso da viagem se tornar garantido.

Aplicando esses filtros, vocês podem utilizar os mesmos critérios anteriores, deixando os três melhores para uma decisão mais precisa.

Organizar a lua de mel pode ser mais simples do que você imagina. Com planejamento e muita pesquisa, é possível definir aquele destino que os noivos sempre sonharam para esse momento se tornar inesquecível!

Caso tenha gostado deste conteúdo e deseja mais informações e dicas como estas, curta nossa página no Facebook  e fique por dentro de nossas novidades!

3 dicas imperdíveis para organizar a sua lua de mel

Nos meses que antecedem o casamento, existem inúmeras questões para se preocupar e decidir. Organizar a lua de mel é um dos detalhes mais importantes e esperados pelos noivos, não é verdade? Sendo assim, todo casal que deseja que esse acontecimento seja memorável em suas vidas e que tudo ocorra perfeitamente, é necessário planejar.

Encontrar o destino perfeito para esse momento pode até parecer desafiador, mas com organização torna-se bem mais simples. Foi pensando nisso que elaboramos algumas dicas para que você organize a lua de mel da melhor maneira. Boa leitura!

1. Escolha um local que seja importante para o casal

Uma ótima maneira de começar a escolher o destino da viagem é considerando os lugares que são importantes para os noivos. Relembre os locais que já visitaram juntos, avaliando o quão inesquecível e marcantes eles foram. Assim, é possível determinar se vale a pena ou não repetir a dose na lua de mel.

No entanto, saiba que um lugar importante para o casal não precisa necessariamente ser um destino já conhecido. Pode ser um local que represente um sonho de infância, ou até mesmo que guarda uma memória afetiva de um dos dois. Essas reflexões agregam bastante significância para a lua de mel, tornando a fase de escolha mais agradável e especial.

2. Determine o custo e a duração da viagem

Planejar a viagem é muito gostoso, mas é preciso levar em consideração alguns aspectos. O tempo que durará e qual o seu custo total para realizá-la são bons exemplos. Por meio dessas questões, é possível eliminar muitos destinos que possam sair dos limites estabelecidos previamente.

Hoje, a internet proporciona diversos blogs de viagens que sinalizam qual o mínimo necessário para conhecer determinado lugar. Assim, uma pesquisa nesse sentido é muito válida. Analise, anote tudo e discuta com o seu parceiro ou parceira pelo menos três opções de locais diferentes.

3. Compre as passagens e defina o hotel

Pronto, local definido! A animação com esse planejamento aumenta cada dia que se aproxima da viagem, mas, ainda, é necessário comprar as passagens e definir o hotel. Dessa forma, pesquise os valores para o local selecionado e, caso esteja muito alto, não se sinta mal em avaliar as outras opções discutidas. Defina exatamente as datas de ida e volta, busque por promoções e, por fim, compre as passagens.

Uma vez que o casal já está com as passagens em mãos, é hora de pesquisar os hotéis. Junto com essa pesquisa, avalie inicialmente sobre os pontos turísticos do seu destino e quais são os bairros mais seguros. Assim, a sua pesquisa será mais direcionada e precisa, além de o sucesso da viagem se tornar garantido.

Aplicando esses filtros, vocês podem utilizar os mesmos critérios anteriores, deixando os três melhores para uma decisão mais precisa.

Organizar a lua de mel pode ser mais simples do que você imagina. Com planejamento e muita pesquisa, é possível definir aquele destino que os noivos sempre sonharam para esse momento se tornar inesquecível!

Caso tenha gostado deste conteúdo e deseja mais informações e dicas como estas, curta nossa página no Facebook   e fique por dentro de nossas novidades!